top of page

Atleta de 18 anos morre semanas antes de disputar as Olimpíadas de Paris-2024

O atleta de kitesurfe Jackson James Rice morreu aos 18 anos em Faleloa, Tonga.



O jovem saiu para mergulhar no sábado (15) e o corpo foi encontrado debaixo do barco que usava por outros mergulhadores.


Foram feitas manobras de ressuscitação, mas sem sucesso, e o esportista teve a morte declarada.


A informação foi confirmada pelo pai do jovem, Darren Rice, ao jornal Matangi Tonga, e a suspeita é de que o atleta tenha desmaiado durante o exercício e, como consequência, se afogado.


JJ, como era conhecido, é filho de britânicos e nasceu nos Estados Unidos, mas cresceu nas ilhas de Ha'apai.


Com isso, se naturalizou tongonês.


"Vivi em Tonga toda minha vida, me vejo como tongonês, não me vejo como outra coisa", disse ele em maio ao jornal Matangi Tonga.



O kitesurfista e velejador faria a estreia em uma Olimpíada durante os Jogos de Paris-2024 após ficar na oitava colocação do Sail Sydney, na Austrália, em dezembro de 2023. "Fui abençoada com o irmão mais incrível do mundo e me dói dizer que ele faleceu.


Ele era incrível e teria saído das Olimpíadas com uma medalha grande e brilhante", escreveu a irmã do atleta, Lily Rice, no Facebook.


O kitesurfe será um esporte olímpico pela primeira vez na edição deste ano.


A modalidade, de acordo com a Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais (ANOC), combina características da vela, wakeboard, windsurfe, surfe e parapente, e aparecerá chamada oficialmente de Fórmula Kite, como uma categoria dentro da vela.



Acompanhe também as noticias Guariba pelo grupo do WhatApp, ou pelo grupo do facebook. basta clicar no link abaixo





Comments


bottom of page