top of page

Cristina Mariano Garcia de 43 anos é encontrada em um matagal

Suspeito de matar corretora em Campo Grande é detido em Ponta Porã


A Polícia Civil de Ponta Porã localizou o homem de 41 anos, apontado como suspeito de matar a corretora Amália Cristina Mariano Garcia, de 43 anos, encontrada em um matagal na tarde do dia (21), no Jardim Los Angeles, em Campo Grande.


Conforme informações policiais, o suspeito do crime foi encontrado em Ponta Porã e encaminhado à delegacia para prestar depoimento.


Segundo a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), o homem foi encaminhado à delegacia como testemunha, juntamente com outras pessoas que estão colaborando com as investigações.


O caso segue sendo investigado e nas próximas horas a Polícia Civil deve divulgar mais detalhes sobre este crime.


Morte de Amalha Cristina


A corretora de imóveis Amalha Cristina Mariano Garcia, de 43 anos, foi encontrada morta em meio a um matagal, às margens da MS-455, próximo a região do Jardim Los Angeles, em Campo Grande.


Conforme informações obtidas pelo Correio do Estado, Amalha Cristina teria combinado encontro com um ex-namorado que estaria lhe devendo R$20 mil.


A vítima foi alertada por pessoas mais próximas, mas Amalha confiava na paquera e não haveria riscos.


Após o encontro, Amália desapareceu.


Amigos e familiares tentaram contato, mas o aparelho celular da vítima estava desligado.


O corpo da vítima foi encontrado por trabalhadores de uma empresa de segurança, com as calças abaixadas.


De acordo com a polícia, não havia sinais de violência sexual e a roupa estaria rasgada porque o corpo foi arrastado até o matagal.


Um pedaço de madeira foi encontrado no local.


A mulher tinha uma marca no rosto e na nuca.


O veículo que a vítima conduzia, um Jeep Renegade, desapareceu.


A Polícia Civil segue investigando o caso.



  • Acompanhe também as noticias Guariba pelo grupo do WhatApp, ou pelo grupo do facebook. basta clicar no link abaixo



コメント


bottom of page