top of page

"Feminicídio" Nota de Falecimento de Tainara Kellen Mesquita da Silva com 26 anos de idade

Feminicídio: mulher é assassinada a tiros pelo ex na frente da filha


Uma mulher foi vítima de feminicídio na frente da própria filha, de 5 anos, na tarde desta quarta-feira (10/01).


O crime ocorreu no Gama (DF). O suspeito de matar, com pelo menos seis tiros, Tainara Kellen Mesquita da Silva, 26, é o ex-marido dela, Wesly Denny da Silva Melo, 29, que está foragido.


Tainara trabalhava em um salão de beleza perto de onde morava.


O acusado enviou um WhatsApp para a vítima dizendo que queria encontrá-la.


Quando ela saiu do estabelecimento, Wesly sacou a pistola e começou a atirar.


Foram 16 disparos, dos quais pelo menos seis acertaram a mulher.


Equipes da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foram acionadas, mas o Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) havia chegado ao local do crime e confirmado a morte de Tainara.


A mãe de Tainara esteve no local, passou mal e precisou ser levada pela irmã ao hospital.


Ao Metrópoles, uma vizinha contou que Tainara era uma mulher dedicada à família: “Era uma filha amorosa e uma mãe exemplar”.


Ainda de acordo com essa vizinha, que preferiu não se identificar, Tainara e o ex viviam terminando e se reconciliando.


“Ele ameaçava ela demais, era muito possessivo”, contou.


O principal suspeito do crime, Wesly Denny, é um velho conhecido da polícia e tem pelo menos 11 antecedentes criminais, entre eles duas por Lei Maria da Penha, porte de arma, ameaças, vias de fato e desacato.


Após matar Tainara, ele apagou todas as publicações em uma de suas redes sociais.


Fonte: (Metrópoles).


  • Temos uma novidade para você: o nosso site está de cara nova!


Agora, você pode receber todas as nossas notícias diariamente no seu e-mail, de forma rápida e fácil.


Basta clicar no botão “Assine já” no canto superior direito da tela e se cadastrar gratuitamente.


Assim que você se cadastrar, você já vai começar a receber as notícias em primeira mão.


Não perca essa oportunidade.


Em breve, teremos um app.

Comments


bottom of page