top of page

Garota de programa de 32 anos é encontrada morta com sinais de violência em sua residencia

Corpo de Jéssica Cristina estava no quarto de sua casa com sangramento no rosto, em São João da Boa Vista, na quinta-feira (14).


Uma garota de programa de 32 anos foi encontrada morta com sinais de violência, em São João da Boa Vista (SP), na quinta-feira (14).


O crime é investigado como latrocínio, que é roubo seguido de morte, segundo a Polícia Civil.


Um suspeito do crime foi preso.


Rafael Ferraz Fuzetti, de 36 anos, estava em saída temporária de penitenciária, de acordo com a polícia.


O g1 não conseguiu localizar a defesa dele até a última atualização da reportagem.


  • Localização de corpo


O corpo de Jéssica Cristina foi encontrado na casa em que ela morava, no Jardim Bela Vista.


Segundo informações do boletim de ocorrência, a funcionária de um pet shop disse que, por volta das 14h, havia levado a cachorrinha da vítima para o banho e tosa.


Depois, por volta das 16h, ela foi até a residência para devolver a cachorra e chamou Jéssica por diversas vezes.


Como ninguém atendeu a porta, ela abriu o portão da garagem e colocou a cachorrinha para dentro e foi embora.


Entretanto, a mulher disse à polícia que ficou preocupada e, por ser uma situação anormal, voltou até a casa de Jéssica por volta das 19h20.


Como a cachorrinha estava da mesma forma que ela havia deixado, ela resolveu entrar na casa e encontrou Jéssica caída no chão de um dos quartos, com o rosto sangrando.


Ela chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que foi até o local, mas apenas constatou o óbito da mulher.


A causa da morte foi traumatismo craniano, segundo a médica legista.


As polícias Civil e Científica foram até a casa e registraram o crime.


O celular da vítima foi levado da casa.


O corpo de Jéssica será sepultado às 10h deste sábado (16) no Cemitério Parque, em Limeira (SP).


  • Prisão de suspeito


A Polícia Civil prendeu o suspeito do crime Rafael Ferraz Fuzetti.


Ele estava em saída temporária de penitenciária e estava preso por tráfico de drogas.


O homem teria marcado um encontro com a vítima.


No local, ele se desentendeu com a mulher e a matou para roubar o celular dela.


O suspeito vendeu o celular para outro homem, que foi localizado e apontou o autor para a polícia.


Depois disso, os policiais encontraram o suspeito em uma casa abandonada no bairro Santo Antônio.


Ainda de acordo com a Polícia Civil, ele confessou parcialmente o crime, mas disse que não a matou.


  • CONVITE ESPECIAL PARA VOCE E INFORMAÇÕES:


Noticias Guariba a partir de hoje está com um canal, para ter acesso mais rapido nas noticias basta entrar no convite do canal acessar canal clicando na foto abaixo.

  • Acompanhe as Noticias Guariba pela pagina do Facebook pelo link abaixo:



OBS: EU JOÃO PACHARRA DIRETOR E FUNDADOR DO NOTICIAS GUARIBA, JÁ ESTOU FAZENDO DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA, FAÇO DECLARAÇÃO DESDE ANO 1982, SOU FORMADO EM TÉCNICO DE CONTABILIDADE.




Comments


bottom of page