top of page

Jovem autista de 19 anos morre em acidente na rodovia, ele havia fugido de uma clínica particular na Estrada

JOVEM AUTISTA DESAPARECIDO É IDENTIFICADO COMO VÍTIMA FATAL DE ACIDENTE NA VIA ANCHIETA

O caso do desaparecimento de Bruno Pires Fernandes, de 19 anos, teve um desfecho trágico.


A família do jovem, que sofria de esquizofrenia e autismo, reconheceu seu corpo no Instituto Médico Legal (IML) nesta quinta-feira (30/05).


Bruno havia fugido de uma clínica particular na Estrada Taquacetuba, em São Bernardo do Campo, no dia 28 de maio de 2024, por volta das 14h10.


Após a fuga, informações indicam que Bruno, desorientado, foi detido por invadir a residência de uma mulher, no Riacho Grande, por volta das 18h40.


Ele foi encaminhado pela Polícia Militar ao 3º Distrito Policial (DP), onde foi liberado após prestar depoimento. Segundo testemunhas, Bruno ficou sentado em frente ao 3º DP após ser liberado.


Horas depois, por volta da meia-noite desta quarta, dia 29, um grave acidente ocorreu no km 22 da Rodovia Anchieta, sentido litoral.


O acidente envolveu duas carretas e dois veículos, resultando em quatro vítimas ilesas e duas fatais.


Bruno foi identificado como o andarilho que tentou atravessar a pista central e foi atropelado por um carro.


Em seguida, outros dois veículos também o atropelaram, resultando em sua morte.


O tio de Bruno, José Maria Mainardes, comentou sobre a tragédia e disse que a família quer justiça nesse caso, pois, na opinião dele, houve uma sucessão de erros.


“Ele fugiu da clínica particular e até agora a clínica não deu suporte para a família e nem as devidas explicações sobre como tudo aconteceu.


Também queremos esclarecimentos sobre a atitude dos policiais.


A informação é de que ele teria sido agredido e precisamos que isso seja apurado.


Por que em vez de liberem não ajudaram ou tentaram chamar alguém?”, indagou.


Segundo Josiane, uma amiga da família, o rapaz, que era autista e é esquizofrênico, entrou na casa de uma mulher por estar desorientado.


A polícia foi acionada, mas na delegacia a mulher percebeu que o jovem tinha problemas.


“A mulher nos contou que quando ele entrou na casa dela disse que tinha um homem atrás dele querendo tirar a vida dele”, disse.


Fonte: abcd_jornal


  • Acompanhe também as noticias Guariba pelo grupo do WhatApp, ou pelo grupo do facebook. basta clicar no link abaixo



Comments


bottom of page