top of page

Luana Guedes da Silva de 13 anos foi brutalmente assassinada, ela foi encontrada morta na casa da mãe

 Luana Guedes da Silva, de 13 anos, foi brutalmente assassinada em São Carlos do Ivaí.


A criança foi encontrada morta na casa da mãe, apresentando indícios de violência sexual – estupro.


O principal suspeito seria o ex-companheiro da mãe da menina.


De acordo com a PM, o corpo da garota foi encontrado (30) sem roupa pela própria mãe, que chegou do serviço e se deparou com a filha morta em cima da cama, com um fio de carregador de celular enrolado no pescoço.


Nas partes íntimas, havia manchas de sangue.


Vizinhos relataram aos militares, que na parte da tarde o ex-companheiro da mãe da menina identificado como Adriano, foi visto na residência.


O casal ficou juntos por cerca de 4 anos e a cerca de 30 dias haviam se separado, porém o ex não aceitava o término do relacionamento.


Inclusive ele teria feito ameaças em uma rede social, onde dizia que não estava bem e que ela iria sofrer, chorar.


O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.


O principal suspeito do crime ligou para o pai dizendo que iria tirar a própria vida, porém ele foi preso. (Fonte: Plantão Maringá /Cruzeiro do Sul informativo)



Kommentare


bottom of page