top of page

"Atualização" Mãe e filho invadem casa, matam dois idosos a tiros e deixam padre ferido, veja o video.

O marido da mulher também é suspeito de envolvimento nos assassinatos, segundo a polícia.


Uma mãe e um filho invadiram uma casa, em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá, e mataram dois idosos, de 65 e 71 anos, nesse domingo (21).


Segundo a Polícia Civil, um padre que estava na residência também ficou ferido. Imagens de câmeras de segurança mostram o crime.


No vídeo, é possível ver que, ao menos oito pessoas estavam na casa, quando a mulher entra atirando.


Em outro trecho do vídeo, os suspeitos aparecem fugindo, carregando armas de fogo (assista abaixo)




Um outro homem, que seria o marido da mulher, também é suspeito de envolvimento nos assassinatos.


Ele estaria esperando fora da casa para dar fuga aos suspeitos, informou a polícia.


Ainda segundo a polícia, a suspeita é de que a motivação do crime seja um desacordo comercial.


A Polícia Civil investiga o crime.


"ATUALIZAÇÃO" Saiba quem são mãe e filho procurados pela polícia por invadir casa e matar idosos em MT


O marido de Ines, identificado como Marcio Ferreira Gonçalves, de 45 anos, também é procurado por suspeita de dar apoio à fuga.


Ines Gemilaki, de 48 anos, e Bruno Gemilaki Dal Poz, de 28 anos, mãe e filho, são procurados pela Polícia Civil após invadirem uma casa e matar dois idosos, de 65 anos e 71 anos, em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá, nesse domingo (21).


O marido de Ines, identificado como Marcio Ferreira Gonçalves, de 45 anos, também é procurado por suspeita de dar apoio à fuga.


Segundo a delegada responsável pelo caso, Anna Marien, Ines é pecuarista, enquanto o filho é médico e trabalha em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.


A polícia informou que a mulher que atirou registrou um boletim de ocorrência por ameaça contra a família das vítimas, horas antes do crime.


O alvo dos atiradores, segundo a delegada, era o proprietário da casa, mas ele não foi atingido.


"Quem faleceu não tinha nenhuma relação. A suspeita saiu da casa com algumas dívidas e eles sempre discutiam, o que acabou culminando nisso", explicou.





Comments


bottom of page