top of page

Marido mata a esposa de 25 anos estrangulada após ela não desbloquear o celular para ele ver as mensagens.

Mulher se recusa a desbloquear celular e é morta estrangulada por marido em Araucária.


Eduarda Amabile Correia, de 25 anos, foi morta estrangulada pelo marido, de 33 anos, após ser violentamente agredida, na tarde desta segunda-feira (29), em Araucária, na região metropolitana de Curitiba (PR).


O suspeito foi preso em flagrante pela Polícia Civil horas após o crime.


De acordo com testemunhas, Eduarda Amabile Correia foi assassinada após se recusar a desbloquear o celular.


O dispositivo permitia o acesso do usuário somente por reconhecimento facial.


Após a negativa, o marido dela a teria agredido e a estrangulado.


Ela foi encontrada desmaiada em casa e foi levada pela sogra dela até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde a morte foi confirmada.


O irmão da vítima recebeu uma ligação da sogra de Eduarda (e mãe do suspeito) contando que seu filho tinha batido em Eduarda e que ela estava internada na UPA.


Quando o irmão dela chegou ao local, encontrou a jovem com o rosto desfigurado por causa das agressões.


O marido de Eduarda foi preso pela Polícia Civil horas após a morte da jovem, em casa.


Segundo informações da polícia, Tiago foi detido em flagrante por feminicídio e permanece preso nesta terça-feira (30).


“As investigações da PCPR continuam a fim de comprovar a causa da morte e esclarecer os fatos”, informou a Polícia Civil.


O suspeito teria confessado o crime.


À polícia, o homem relatou que queria ter acesso às mensagens do celular da esposa e, diante da recusa, a imobilizou e colocou o joelho sobre o pescoço da vítima, para desbloquear o aparelho via reconhecimento facial.


O corpo da jovem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).


  • Temos uma novidade para você: o nosso site está de cara nova!

Agora, você pode receber todas as nossas notícias diariamente no seu e-mail, de forma rápida e fácil.


Basta clicar no botão “Assine já” no canto superior direito da tela e se cadastrar gratuitamente.


Assim que você se cadastrar, você já vai começar a receber as notícias em primeira mão.


Não perca essa oportunidade.


Em breve, teremos um app.




Comments


bottom of page