top of page

Mulher de 35 anos morre após ser atingida por coqueiro na cabeça

Empresária atingida na cabeça por coqueiro era mãe de menina e tinha comércio com marido em Porto de Pedras, AL



Lívia Loise Moura Barbosa, a Livinha, de 35 anos, sofreu traumatismo crânio encefálico.


A morte da empresária Lívia Loise Moura Barbosa, atingida na cabeça por um coqueiro que caiu quando ela desceu do carro para desobstruir a pista na terça-feira (18), causou comoção em Porto de Pedras, no litoral de Alagoas, onde ela morava e mantinha um negócio no ramo de alimentos e bebidas com o marido.


Em Porto de Pedras, a empresária era mais conhecida como Livinha.


Ela tinha 35 anos e era mãe de uma menina de 5 anos.


O coqueiro caiu na cabeça de Lívia Loise na terça-feira (18) quando ela voltava de carro de um povoado em Porto de Pedras.


Ela deu entrada no Hospital Regional do Norte, em Porto Calvo, com traumatismo crânio encefálico (TCE), e morreu na madrugada de quarta (19).



A Prefeitura de Porto de Pedras lamentou a morte da moradora e empresária local.


"Expressamos as nossas mais sinceras condolências à famílias e amigos, desejando que encontrem conforto para superar essa perda irreparável".


O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) Estácio de Lima, no bairro Tabuleiro do Martins, na parte alta de Maceió.



Acompanhe também as noticias Guariba pelo grupo do WhatApp, ou pelo grupo do facebook. basta clicar no link abaixo










Kommentare


bottom of page