top of page

Mulher morre após ser esfaqueada pelo namorado e o rapaz dorme ao lado do corpo a noite inteira

A cabeleireira Cláudia da Luz Maceu, de 45 anos, foi encontrada morta na casa onde morava no Jardim Aeroporto, na zona leste de Londrina, no norte do Paraná.


O principal suspeito é o companheiro dela, Arthur Henrique Rockenbach , de 30 anos.


Segundo a Polícia Militar (PM), o crime ocorreu por volta das 23h de quarta-feira (7).


Vizinhos acionaram os militares na manhã desta quinta-feira ( após suspeitarem do desaparecimento da moradora.


Ao chegarem no local, os policiais entraram na casa e encontraram a mulher sobre a cama ensanguentada com perfuração na região do pescoço.


O companheiro dela, que estava ao lado do corpo da vítima, confessou ter a golpeado com uma faca.


Ele foi preso em flagrante.


Conforme o relato do suspeito aos policiais, o que teria motivado o feminicídio foi por ciúmes e que estaria planejando se livrar das provas do crime.


"Ele disse que por motivos de ciúmes havia desferido um golpe de faca na sua namorada.


A faca estava caída ao lado da cama", explicou o capitão Emerson Castro.


Ele vai responder por homicídio qualificado por motivo torpe e feminicídio.


Poucos meses de relacionamento


Segundo os familiares de Cláudia da Luz, o casal iniciou o namoro em menos de seis meses e há três meses Arthur foi morar na casa dela.


Não havia denúncias ou boletim de ocorrência contra o homem sobre violência contra ela, mas familiares confirmaram que o relacionamento era conturbado.


A polícia investiga o caso.


Ela deixou 2 filhos.



  • Acompanhe as Noticias Guariba pela pagina do Facebook pelo link abaixo:


Comments


bottom of page