top of page

Nota de Falecimento de Joicy da Silva Tavares com idade de 21 anos, morreu após explosão de uma churrasqueira

Jovem que morreu com queimaduras de 3º grau após explosão cursava engenharia elétrica


A estudante Joicy da Silva Tavares, de 21 anos, que morreu após sofrer queimaduras de terceiro grau durante uma explosão numa churrascaria, era estudante do 3º período do curso de Engenharia Elétrica do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) - Câmpus Palmas.


Devido aos graves ferimentos causados pelo acidente, a jovem morreu no Hospital Geral de Palmas (HGP) na madrugada desta quinta-feira (4).


Por meio de comunicado oficial, o IFTO manifestou profundo pesar e decretou luto oficial no âmbito da instituição em respeito à memória da estudante e em reconhecimento ao impacto emocional causado pela tragédia.


"É com profundo sentimento de pesar que o Instituto Federal do Tocantins (IFTO) comunica o falecimento da estudante Joicy da Silva Tavares, da unidade de Palmas, ocorrido nesta quinta-feira, 4 de janeiro. Joicy era estudante do 3º período do curso Bacharelado em Engenharia Elétrica. O IFTO lamenta e expressa condolências pela irreparável perda, e se solidariza transmitindo votos de conforto aos familiares e amigos. Fica decretado luto oficial, por três dias, no âmbito do IFTO, conforme a Portaria REI/IFTO Nº 92", diz a nota de pesar.


Joicy era funcionária do estabelecimento 'Churrascaria Temperus', que fica na quadra 1.206 sul na Capital, local onde ocorreu o acidente.


Em nota, a churrascaria lamentou o ocorrido e disse estar apurando os fatos para compreender os motivos que acarretaram a situação.


"A segurança e o bem-estar de todos que frequentam nosso estabelecimento são prioridades fundamentais e as medidas necessárias estão sendo tomadas para assegurar assistência imediata aos envolvidos. Reiteramos que a empresa está cooperando integralmente com as autoridades competentes para esclarecer todos os fatos. Nossa equipe está à disposição para prestar todo apoio necessário às vítimas e seus familiares. Agradecemos a compreensão de todos nesse momento delicado e reafirmamos nosso comprometimento em zelar pela segurança e integridade de nossa equipe e clientes", concluiu a nota.


A polícia já sabe que uma funcionária foi colocar álcool em um rechaud, equipamento utilizado para manter a comida aquecida, e não percebeu que já havia fogo aceso. Ela estaria com um recipiente de 3,6 litros de álcool.


Com isso, a chama fez o caminho inverso para dentro do recipiente, causando a explosão que atingiu outras pessoas.


O fogo só não se propagou em grandes proporções porque não havia materiais de fácil combustão no local, além do próprio galão de álcool.


A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que quatro pessoas foram acolhidas na unidade vítimas de queimaduras e que mesmo com todos os esforços das equipes multiprofissionais, a paciente Joicy da Silva Tavares foi a óbito, motivo pelo qual a Pasta lamenta e se solidariza com familiares e amigos.



  • Temos uma novidade para você: o nosso site está de cara nova! Agora, você pode receber todas as nossas notícias diariamente no seu e-mail, de forma rápida e fácil. Basta clicar no botão “Assine já” no canto superior direito da tela e se cadastrar gratuitamente.


Assim que você se cadastrar, você já vai começar a receber as notícias em primeira mão.


Não perca essa oportunidade.


Em breve, teremos um app.

Comments


bottom of page